Praça da Imprensa fica lotada na 5ª edição do Diário na Praça

praça22

A quinta edição do evento “Diário na Praça” movimentou a manhã do sábado, (12/10), Dia das Crianças, na Praça da Imprensa Chanceler Edson Queiroz (Dionísio Torres). Uma série de atividades gratuitas envolveu o público presente, entre brincadeiras, apresentações artísticas, sessões terapêuticas (para os adultos), ações educativas e esportivas. A programação reuniu pais e filhos, além dos frequentadores habituais e eventuais do espaço público.

O Diário na Praça é uma realização do Diário do Nordeste por meio do Vida Saudável, e contou com o patrocínio da Unifor e do Sistema FIEC e apoios do Governo do Estado do Ceará, Indaiá, Nacional Gás, Idibra, Supermercado Guará e do M. Dias Branco.

A criançada pode participar de oficinas de balões, pintura em gesso, de oficinas de desenhos e pintura facial.  O evento contou com a presença do Radim, mascote da FM  93, dos personagens da Turminha Diário, que apresentou um musical para a criançada.

No Cantinho do Esporte, houve oficinas de capoeira, de judô, muay thai e treinamento funcional. Já No Espaço Saudável foi realizado avalição física (IMC, peso e altura e orientações sobre atividades físicas).

O Espaço Recreativo da Unifor contou com jogos e atividades recreativas com profissionais do curso de Educação Física; Brincadeira de Criança com o curso de Fonoaudiologia, Crescendo sem cárie: cuidado com a saúde bucal com o curso de Odontologia e Primeiros-socorros para Crianças, com o curso de Enfermagem.  Já o Espaço Zen foi dedicado para os pais com escalda pé e reflexologia dos pés.

Idayane Souza, 26, esteve no Diário na Praça pela primeira vez. Ao lado da filha Eloísa, de 5 anos idade, ela queria fazer um programa diferente do habitual, a pretexto do Dia das Crianças. “Moro longe daqui, então costumo ir às praças e parques, mas não venho tanto aqui. Mas queríamos fazer esse programa, até porque não dá só pra dar presentes”, contou a mãe, enquanto a pequena pintava no espaço “Cantinho da Pintura”.

No mesmo lugar, a pequena Letícia, 4 anos, pintou seu rosto como uma gatinha, acompanhada pela mãe, a professora Valéria Gomes, 33. Elas já são frequentadoras da Praça da Imprensa e, para além do local, costumam explorar outros espaços públicos da cidade.

“Nos fins de semana, a gente anda com ela pelo Parque do Cocó, Praça das Flores (Aldeota), pra tirar do hábito de ver televisão e celular. Desde novinha, a gente leva ela para as praças, inclusive para os jardins da Universidade de Fortaleza”, recapitula a professora.

O hábito fez a criança pegar gosto pelos programas ao ar livre, destaca a mãe. “A Letícia prefere ir às praças do que aos shoppings. No shopping, ela se sente mais presa”, reforça.

A dona de casa Andrea Ribeiro, 40, observava o filho João Miguel, 4, enquanto ele participava de uma roda de capoeira conduzida pelo mestre B2, diretor do grupo Capoeirarte. “Ele já faz capoeira no colégio, mas aqui tá meio envergonhado”, percebeu ela.

A família costuma frequentar o parque Adahil Barreto (Dionísio Torres) e foi a Praça da Imprensa pela primeira vez, a fim de mudar a rotina de lazer. “Sugiro que tenha mais eventos como esse por aqui. Pra tirar as crianças da Internet”, propôs Andrea.

Na fala dos pequenos que ocupavam a praça, um comentário era unanimidade: “aqui é bem divertido”. Luana Vitória, 8 anos, contava que já tinha brincado de pintar, enquanto aguardava sua mãe fazer uma avaliação física no “Espaço Saudável”. A doméstica Maria José, 42, situou que elas vieram do Eusébio (CE) e conheciam o Diário na Praça pela primeira vez.

A menina Júlia Queiroz, 10, observava que a passagem pela Praça da Imprensa era parte de uma programação da família, “pra comemorar o Dia das Crianças o dia todo, hoje e amanhã”.

Acompanhada da irmã mais nova, de 5 anos, e de seus primos, Júlia também aproveitou o “Cantinho da Pintura” e se preparava pra pular corda. O primo dela, Paulo Ezequiel, 12 anos, disse como o evento ajudou a mudar a rotina das crianças. “Eu costumava vir mais por aqui, mas hoje em dia não costumo sair muito de casa. Até agora, já participei da pintura”, detalhou.

Fonte: com informações do Diário do Nordeste.