SVM lança campanha sobre empoderamento feminino

mulher

Não existe mais espaço para calar nem silenciar. As mulheres têm muito a dizer. Em março, no mês que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o Sistema Verdes Mares lança uma campanha de empoderamento feminino. Num grupo de comunicação, a palavra foi o instrumento de transformação escolhido para fortalecer um movimento em que as mulheres são protagonistas.

Com o objetivo de estimular as mulheres a narrarem e compartilharem suas próprias histórias, amplificando suas vozes sobre as conquistas, as angústias e as denúncias do dia a dia, o Sistema Verdes Mares lança hoje (1º) a campanha “O que as mulheres têm a dizer“. Com ações internas e externas, todos os veículos de comunicação publicarão matérias sobre o tema.

Ao longo deste mês, um novo espaço no site do Diário do Nordeste receberá histórias enviadas por mulheres, anonimamente ou não. O material será submetido a uma curadoria podendo se transformar em pautas jornalísticas a serem abordadas pelos veículos do Sistema Verdes Mares durante o mês de março. Ao fim do mês, este material será reunido em um caderno especial que será publicado pelo Diário do Nordeste. Nesta edição, todas as matérias serão escritas por mulheres.
A campanha também poderá ser vista pelas ruas, em cartazes que serão afixados em ônibus, bares, universidades e escolas, convocando mulheres a participarem da ação em prol da evidência das narrativas sobre o empoderamento feminino. As peças também terão um QR Code, que redireciona até o site para o qual as histórias poderão ser enviadas e, posteriormente, conferidas.

Ações nas ruas

O cronograma desta ação ainda prevê um evento aberto ao público, realizado na Universidade de Fortaleza (Unifor). Na ocasião, as convidadas apresentarão seus testemunhos e abordarão temáticas, como feminismo, autoaceitação, violência doméstica e igualdade de gênero.

No ambiente digital, influenciadoras serão convidadas a utilizarem a hashtag #Oqueasmulherestemadizer no Instagram, promovendo uma onda de engajamento dentro e fora das redes sociais. O objetivo é que outras mulheres se sintam estimuladas a enviarem suas histórias. Durante a ação, também serão estimuladas publicações em redes sociais em resposta à indagação-tema da campanha.

O diretor de Operações do Sistema Verdes Mares, Ildefonso Rodrigues, explica que esta campanha integra um projeto chamado de Mês Temático, uma estratégia do Sistema Verdes Mares, que a cada mês trabalhará de forma direcionada nas suas diversas plataformas temas de grande relevância social e interesse público.

A ideia, ressalta Ildefonso, é suscitar debates sobre temáticas específicas, provocando discussões pertinentes e trazendo à tona temas relevantes para a sociedade e a realidade do Ceará. Além de mobilizar o debate público sobre os assuntos em questão, por meio das publicações nos distintos veículos, a campanha deverá, segundo o diretor de Operações, “ao fim de cada mês, deixar algo de interessante em torno daquela questão. Um legado, ao gerar ressonância no público”.

Outra expectativa é formar parcerias para que outras organizações, que lidam com o público em questão, acolham este movimento e repercutam os assuntos.

“Não queremos que a campanha dure um mês, queremos que ela perdure. Por exemplo, em um bar, via Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), queremos conscientizar sobre a temática. Além de estarmos presentes com cartazes, é necessário que os profissionais que trabalham no bar, os frequentadores, o público, saibam que existe uma campanha em torno de uma causa. Saber que no espaço da noite, no espaço público, que ao serem abordadas, incomodadas, as mulheres podem denunciar essa questão. São iniciativas simples, mas que suscitam o debate e podem deixar legados. Algo que possa perdurar naquele ambiente”.

Para enviar suas histórias, clique aqui.

Fonte: Diário do Nordeste