Regata de TV Diário beneficia 250 jangadeiros

jangada1

Cerca de 250 pescadores divididos em 50 embarcações participaram, neste domingo (29 de julho), do 17º Circuito Cearense de Jangadas, tradicional competição realizada pela TV Diário. Após mais de 1 hora de uma disputa num trajeto de 12km, venceram as embarcações Gabi, na categoria jangadas, e Deus é Bom, na categoria paquetes.

O percurso teve largada oficial durante a manhã, na enseada do Mucuripe, e foi finalizado já no início da tarde, na praia do Náutico. A Capitania dos Portos do Ceará (CPCE) orientou os pescadores quanto às normas de segurança no mar. “O papel da Capitania foi coordenar as fases de planejamento. A principal preocupação é que cada jangada tivesse na sua melhor condição material, inclusive com os coletes salva-vidas, para que, em caso de qualquer infortúnio, os pescadores pudessem fazer uso”, garantiu o Capitão dos Portos do Ceará, comandante Madson Cardoso Santana.

regata2

A 17ª edição da regata marcou os 20 anos de inauguração da TV Diário, completados neste mês. A emissora transmitiu a competição ao vivo e distribuiu um bolo temático para o público. O diretor de programação e relações institucionais do Sistema Verdes Mares, Paulo César Norões, o diretor de jornalismo da TV Diário, Roberto Moreira, e demais representantes do Sistema Verdes Mares cantaram parabéns pela ocasião.

Para Paulo César Norões, o evento faz parte da história do cearense por trazer como uma das imagens mais expressivas a do jangadeiro. “A jangada ilustra a força do nosso povo, e a TV Diário, a partir do momento que fez o resgate do evento há alguns anos, coloca a regata como uma das grandes atrações do calendário do Estado. Ela cumpriu o seu papel, já que se propõe a ser uma TV que valoriza as coisas não só do Estado, mas de toda a região, e naturalmente a parte cultural, que representa a essência do nosso povo”, avalia.

Segundo o presidente da Colônia de Pescadores Z-8, Possidônio Soares, a competição contribui para valorizar a profissão. “Nós nos empenhamos para que seja um resgate, para que as autoridades olhem o pescador como um trabalhador do mar. Não apenas uma gura distante, e sim como parte integrante de Fortaleza”, salienta.

Durante o evento, foram entregues, ainda, o troféu Amigo do Pescador e do Mar aqueles que valorizaram e se dedicaram a figura do pescador. Na categoria jangadas os primeiros lugares foram premiados, respectivamente, em R$ 3 mil, R$ 2 mil, R$ 1.500, R$ 800 e R$ 500. Na categoria paquetes, os vencedores recebem R$ 2 mil, R$ 1.500, R$ 800, R$ 500 e R$ 500. Do sexto ao nono lugares, em ambas as premiações, os participantes recebem brindes como fogões e geladeiras. A próxima edição do Circuito Cearense de Jangadas deve acontecer no mês de dezembro.

Fonte: Diário do Nordeste